© 2016 by minaris.fr

É quando gunga me chama

 

 

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar…

 

Mais é o toque do gunga que me embala

e me faz voltar no tempo nas cantigas

conhecendou as historias dos mestre antigos

que pra capoeira dedicou sua vida…

é quando gunga me chama

 

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar…

 

E tudo que um mestre fala proure entender

eu sei é bom para mim é bom pra você

ele fala do sentimento pra ser capoeira

que ela te guia te ensina pra vida inteira…

é quando gunga me chama

 

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar…

 

É quando você me pergunta eu não sei lhe contar

é uma coisa que ve lá de dentro

e não dá pra explicar

berimbau tocando na roda que dá pra sentir

e so quem

é capoeira pode descobrir…

é quando gunga me chama

 

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar…

 

O gunga ele quebra na roda com mal energia

o gunga ele chora na roda por quem oi um dia

berimbau ele toca aqui e no mundo inteiro

e pra quem é capoeira é o melhor companheiro…

é quando gunga me chama

 

É quando gunga me chama que eu vou

É quando gunga me chama que eu vou jogar…